José Herculano Pires

JOSÉ HERCULANO PIRES (1914-1979)

 

 

José Herculano Pires foi escritor, jornalista, educador, filósofo e tradutor. Segundo o Espírito Emmanuel, o melhor metro que mediu Allan Kardec. Isso deu ensejo à inclusão do termo apóstolo de Kardec ao título do livro escrito por Jorge Rizzini, J. H. Pires: O Apóstolo de Kardec, em que recobra a memória desse ilustre espírita brasileiro.

Desde a adolescência que temas filosóficos, inclusive de caráter religioso, interessaram Herculano Pires. Nascido em família católica, permaneceu no catolicismo até os quinze anos de idade. Depois, veio a crise. Mas, o que o levou a converter-se ao Espiritismo? Numa entrevista gravada por Jorge Rizzini, disse ter sido o raciocínio, pois a religião que professava não explicava convincentemente as suas dúvidas. Contudo, não foi direto para o Espiritismo; passou antes pela Teosofia. Caindo-lhe nas mãos um exemplar de O Livro dos Espíritos, encontrou tudo o que procurava.

Defensor inconteste da Doutrina Espírita, era um conferencista ardoroso. Combateu erros doutrinários, principalmente aqueles cometidos pelas Federações. A cada correção dava as suas razões. Não queria que um órgão coordenador do movimento espírita pudesse propagar falhas doutrinárias. 

Alguns livros de sua autoria:

Introdução à Filosofia Espírita, pela Paidéia, Mediunidade (Vida e Comunicação), pela Edicel, O Espírito e o Tempo, pela Edicel, Agonia das Religiões, pela Paidéia, Revisão do Cristianismo, pela Paidéia. (RIZZINI, 2001)

 

Links: www.herculanopires100anos.com.br/index.php/quem-somos/herculano-pires/biografia

 

www.autoresespiritasclassicos.com/Autores Espiritas Classicos  Diversos/Herculano Pires/Inicio/Herculano Pires - O %C2%A0metro que melhor mediu Kardec.htm

 

Druckversion Druckversion | Sitemap
© 2015 Spiritistische Gruppe Livia Lentulus