"O ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPÍRITA NOS SEUS 30 ANOS


Desde a Campanha “Comece pelo Começo”, lançada pela União das Sociedades
Espíritas do Estado de São Paulo, há quarenta anos, e o recebimento da mensagem
de Angel Aguarod, em 1976, indicativa da necessidade de um estudo sistemático,
passando pela elaboração e lançamento da “Campanha do Estudo Sistematizado da
Doutrina Espírita”, em 1983, até os nossos dias, a conscientização quanto à importância
do estudo regular do Espiritismo nas Casas Espíritas tem se ampliado sempre.
Os resultados alcançados ao longo do tempo evidenciam que a filosofia do
Estudo
Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE) reflete a proposta do Espiritismo
de transformação moral dos indivíduos a partir da fé raciocinada. No conceito espírita,
fé significa mais do que simples crença, pois resgata o conceito que Jesus e seus primeiros
seguidores utilizavam. Nessa proposta renovadora, fé é sinônimo de fidelidade,
sintonia, respeito e observância da Lei divina, que está inscrita na consciência de cada
ser. É vontade ativa, porque demanda o conhecimento dessa Lei e de sua aplicação
nas relações com o próximo, para que o indivíduo sinta justificada a sua existência.
Essa filosofia, no ESDE, se traduz em ações de acolhimento, consolo, esclarecimento,
orientação, cooperação, trabalho coletivo e de divulgação pelo exemplo, com a
proposta de participação de todos para o desenvolvimento intelecto-moral dos seres
humanos. São ações que resultam na humanização das relações entre as pessoas.
O trabalho do ESDE fundamenta-se, pois, nas palavras de Jesus: “Conhecereis
a verdade e a verdade vos libertará”. No entanto, o ESDE é profundamente relacional,
exigindo, em sua própria dinâmica, a interação entre as pessoas. Portanto, cabe
aos responsáveis pelas atividades do ESDE nas Instituições Espíritas estar atentos
à definição de Emmanuel: “A fraternidade pura é o mais sublime dos sistemas de
relações entre as almas” (XAVIER, 2013b, p. 295). Sendo o estudo regular e sistematizado
do Espiritismo o seu objeto, o ESDE busca estimular o aprendizado e a
vivência do Espiritismo de forma contínua, tendo como base as obras codificadas
por Allan Kardec e o Evangelho de Jesus.
O ESDE propõe, assim, à coletividade, a todos os participantes — estudantes,
coordenadores, facilitadores ou colaboradores nas atividades de apoio — estudar
10 e vivenciar o Espiritismo de forma regular e contínua, atendendo à moral cristã e
aos aspectos evolutivos da ciência e da filosofia.
Desde o começo, destacou-se que o ESDE não concorre com as demais
atividades da Instituição Espírita, pois há outras formas de estudo que atendem
necessidades diferenciadas, como as atividades da infância e da juventude, o estudo
e a prática da mediunidade, as palestras públicas, as ações de acolhimento
e apoio material e moral da área de assistência e promoção social, o acolhimento
espiritual etc. Realmente, o ESDE, quando bem aplicado e direcionado ao objetivo
de promover a integração do indivíduo, atua como instrumento de identificação e
de preparação de trabalhadores para todas as áreas da Casa Espírita.
A Federação Espírita Brasileira (FEB), ademais, ao oferecer os programas do
ESDE, não tem a pretensão de que sejam os únicos recursos de aprendizagem a
serem utilizados no Movimento Espírita, mas apoia outras formas de estudo do
Espiritismo, desde que guardem coerência com os postulados da Codificação.
Defende, no entanto, que todo estudo sistematizado precisa estar norteado por
metodologia que garanta a definição do que se pretende alcançar (objetivos) e a
sugestão de possíveis caminhos para o oferecimento da oportunidade do estudo
do conteúdo espírita, evitando transformar a reunião em palestra ou, ainda, em
perda de tempo com a discussão de quaisquer assuntos ao sabor da “inspiração”,
sem a garantia de que os participantes, em certo período de tempo, adquiram
o conhecimento básico dos princípios e da proposta de renovação individual e
coletiva, norteadores da filosofia espírita.
O ESDE oferece aos interessados a oportunidade do estudo conjunto, tornando-
os capacitados a buscar por si mesmos, por meio da pesquisa individual, os
parâmetros norteadores do seu processo evolutivo, aproveitando a oportunidade
da reencarnação para realizar, agora, o que vem adiando, muitas vezes por séculos
e até milênios, e que passa necessariamente pelo conhecimento e pelo exercício
da fraternidade e da caridade em sua mais ampla expressão. O ESDE, portanto, é
estudo que convida à prática da vivência cristã.
É um desafio imenso, que exige a criação e manutenção de ambiente propício
à interação, por meio da qual cada um tenha a oportunidade de identificar os
elementos que o auxiliem no autoconhecimento e na compreensão do próximo,
todos sempre conscientes do propósito da autossuperação e da importância do
apoio mútuo.
Equipe do ESDE"

Fonte: Federacao espírita do Brasil

Druckversion Druckversion | Sitemap
© 2015 Spiritistische Gruppe Livia Lentulus